a carregar..

Urbanização do Souto n°29
Bitarães - Paredes
(+351) 255 391 592 | 930 574 296
geral@bitfit.pt

A fruta mais básica que vai ajudá-lo a controlar melhor o apetite

Publicado em 2019-08-06

A fruta mais básica que vai ajudá-lo a controlar melhor o apetite

É rica em fibra, vitaminas, minerais e antioxidantes. Conheça todos os benefícios da maçã.

Todos os dias surgem novos métodos nas redes sociais para emagrecer, assim como produtos milagrosos à venda nos supermercados para o mesmo efeito. Porém, a forma mais simples e acessível de perder ou manter o peso está quase sempre na despensa e no frigorífico lá de casa. O aipo, o tomate e a courgete são apenas três dos alimentos que podem ajudá-lo neste processo. A esta lista, junta-se também a maçã.

Esta fruta que conhece desde sempre tem uma característica poderosa: é uma ótima fonte de fibras — presentes na casca. Portanto, ajuda a regular o trânsito intestinal e a controlar o apetite, evitando tragédias alimentares. É também rica em vitaminas, minerais e antioxidantes.

Pelas suas características nutricionais, comer apenas uma maçã ajuda-nos a manter-nos saciados por algumas horas.

Há mais uma razão para a maçã ser tão utilizada no mundo fit: cerca de 80 por cento da sua composição corresponde a água, o que faz com que seja um alimento com elevado poder hidratante. Saiba também que 100 gramas deste alimento significam apenas 52 calorias.

Outros motivos para incluir maçã na alimentação

É uma ótima fonte de vitamina C e, por isso, é essencial incluí-la no seu plano alimentar diário. O seu poder antioxidante é uma das grandes vantagens.

Devido à sua composição, reduz o risco de diabetes, tem um efeito probiótico, previne o aparecimento de cancro, ajuda a combater o aparecimento de asma e diminui o risco de doenças cardiovasculares.

Destaca-se, ainda, por ser leve e fácil de transportar, pelo que pode servir de snack para levar para o trabalho ou para ter na carteira e petiscar nos transportes.

 

A famosa dieta à base de maçã que nunca deve seguir

Nos últimos anos, sobressaiu uma tendência no mundo das dietas: métodos baseados em alimentos específicos, como é o caso da maçã. A promessa é uma perda de cinco quilos em cinco dias sem sentir fome, melhorando a saúde e provocando a perda de peso. Mas não é bem assim.

Embora a dieta tenha alguns benefícios, como ser barata e acessível, as desvantagens sobrepõem-se. Estamos perante uma dieta restritiva do ponto de vista calórico, o que quer dizer que pode provocar fraqueza, irritabilidade e tonturas.

Apesar de a dieta da maçã ajudar a emagrecer, a perda de peso não acontece à custa de gordura mas sim de água. Já para não falar que não há promoção de hábitos alimentares saudáveis nem qualquer reeducação alimentar. Além disso, após os cinco dias de dieta, o peso perdido é facilmente recuperado.

Para ter noção do quão restritivo pode ser este método, no primeiro dia o pequeno-almoço, o almoço e o jantar devem ser apenas maçãs. Segundo o lema da dieta, pode comer até 1,5 quilos repartidos ao longo do dia.

Quanto ao segundo dia, os criadores da dieta recomendam uma maçã e um copo de leite ou bebida vegetal para a refeição da manhã, uma maçã e uma salada verde temperada com azeite ao almoço e duas peças daquela fruta ao jantar.

Entre o terceiro e o quinto dia, a ementa é sempre a mesma: uma maçã, ovos mexidos e uma fatia de pão integral (pequeno-almoço); uma maçã e salada ou vegetais salteados (almoço); um iogurte natural ou uma peça de fruta ou um punhado de frutos secos (lanche) e uma maçã, carne de aves ou peixe e vegetais (jantar).


Este método não é o mais sustentável a longo prazo nem promove um estilo de vida saudável que se consiga manter para a vida.

Mas, atenção: incluir maçã na alimentação diária é bastante benéfico como já vimos, desde que o seu consumo seja moderado.

Para tirar proveito de todas as suas vantagens, deve tentar consumi-la, preferencialmente, no seu estado natural. No entanto, também pode incluir esta fruta em receitas

 Adaptado

NUTRIÇÃO

Inês Mota (Nutricionista)

"C.P. 3514N"