a carregar..

Urbanização do Souto n°29
Bitarães - Paredes
(+351) 255 391 592 | 930 574 296
geral@bitfit.pt

Os hábitos alimentares que tem de mudar já

Publicado em 2019-08-20

Os hábitos alimentares que tem de mudar já

Nem tudo o que parece é! Podem parecer escolhas saudáveis mas, na verdade, aumentam a sensação de fome e os números na balança.

Uma das regras mais importantes no processo de perda de peso é comer em menor quantidade mas mais vezes ao longo do dia. Isto significa que é importante ter um snack preparado para ingerir a meio da manhã e mais um ou dois para a tarde, dependendo da hora a que vai jantar. O problema é que pode estar a fazer escolhas erradas e, em vez de controlar a fome, só está a aumentá-la.

E há quem cometa um erro ainda maior: passar o dia sem comer. Quando isso acontece, é muito mais provável ter ataques de fome no momento das refeições principais. Mesmo que seja um prato saudável, acaba por comer em excesso. Se for a um café ou restaurante, a probabilidade de fazer uma escolha calórica é bastante maior.

Levar um snack para comer a meio da manhã ou da tarde não custa assim tanto e há várias opções que são muito práticas. Granola, iogurte natural, bolachas de milho ou arroz, palitos de vegetais, ovo cozido e fruta fresca são algumas das opçoes.

Resumindo, deve evitar qualquer alimento processado ou açucarado, como batatas fritas, chocolates e bolos. 

Os exemplos a seguir podem estar a estragar todo o esforço para chegar ao peso ou à forma que tanto deseja. São, na verdade, cinco erros que tem de parar já de cometer.  

 

Bolachas 

Na despensa nao devem entrar nem bolachas nem bolachinhas. Esta opção não é de todo a mais adequada, independentemente de querer apenas ser mais saudável ou emagrecer. É que elas estão cheias de açúcar e tornam-se viciantes.

Existem alimentos bem mais nutritivos e que promovem uma maior saciedade, sendo por isso aconselhado deixar este alimento de parte. No entanto, caso seja esporádico, pode optar por bolachas de arroz ou milho, assim como por marinheiras, por exemplo.

 

Barras energéticas 

Grande parte delas têm uma grande quantidade de açúcar adicionado, não devendo por isso fazer parte do nosso dia alimentar. Se fizer mesmo questão de consumir este alimento, olhe para o rótulo e escolha uma opção sem adição de açúcar ou — a melhor solução — faça barras em casa.

A dica principal é, na verdade, evitar todos os alimentos embalados, seja qual for, e começar a preparar todos os snacks em casa.

 

Bolos de pastelaria 

São pobres em fibra e estão cheios de gordura (e não é boa). Nao se esqueça que mesmo os bolos sem creme sao más opçoes, uma vez que o açúcar está sempre presente. O açúcar que qualquer bolo de pastelaria tem vai originar um pico glicémico e fazê-lo ter fome mais depressa do que era suposto. 

Se vai ao café tomar um café, faça-o apenas depois de comer o seu snack a meio da manhã. Assim, será menos provável ficar a olhar para a prateleira da pastelaria e acabar por escolher um bolo, que não é de todo o mais adequado numa alimentação saudável.

 

Gelatina

O mais importante é comer "alimentos de verdade". Até pode ser uma opção quando apetece um doce, mas a gelatina a meio da manhã irá resultar numa grande quantidade de fome ao final do dia. Afinal, não é um alimento rico em fibra ou proteína. Quer isto dizer que não nos vai manter saciados.

 

Frutos secos

"À vontade nao é à vontadinha". Apesar de ser um alimento que pode ser visto como saudável e que pode ser incluído no seu dia-a-dia , como lanche, é importante que nao exagere na dose que consome. Sabia que 100g de amêndoas correspondem a aproximadamente 576 Kcal? Portanto, coma apenas um punhado para garantir que nao engorda à custa deste alimento.

NUTRIÇÃO

Inês Mota (Nutricionista)

"C.P. 3514N"